DO AMOR - QUANDO UMA PESSOA PARA DE VER AS MALDADES E INDIFERENÇAS NO MUNDO DE HOJE PARA OLHAR AS FLORES E A POESIA QUE ESTÁ À SUA VOLTA, PODE ACREDITAR, AÍ ESTÁ A BELEZA DE SER HUMANO. QUEM DERA O OLHAR DO BEIJA-FLOR, PUDESSE SER O NOSSO OLHAR. O MUNDO NÃO SERIA MAIS O MESMO. PARAR NO AR, PARAR COM TUDO E OLHAR A DELICADEZA DE CADA PÉTALA, A ENERGIA VIBRANTE DAS CORES, O DETALHE DAS FORMAS. SUGAR O DOCE NÉCTAR DA POESIA ESCRITA PELA PRÓPRIA NATUREZA. QUANDO ALGUÉM AMA, GANHA ASAS PARA VER UM MUNDO DIFERENTE, E TEM NÃO APENAS OS OLHOS, MAS A ALMA FLUTUANDO AO LADO DA FLOR DA PESSOA AMADA. - DO LIVRO BUQUÊ DE FLORES ______________________________________________

PARADA CARDÍACA - NO SISTEMA CIRCULATÓRIO DO BRASIL, DO CORAÇÃO DE BRASÍLIA AOS VASOS MAIS SENSÍVEIS DO SERTÃO E DO LITORAL NORDESTINO, DA VEIA PAULISTA À AORTA PULMONAR AMAZÔNICA, TODOS OS BIOMAS ESTÃO SENDO CARCOMIDOS PELA INFECÇÃO HOSPITALAR DO AGRONEGÓCIO. BIOMAS INTEIROS COMO O CERRADO, A CAATINGA, O PANTANAL, A MATA ATLÂNTICA E ATÉ A FLORESTA AMAZÔNICA ESTÃO SENDO DEGRADADOS PARA A PRODUÇÃO DE CANA, CRIAÇÃO DE GADO E PLANTAÇÃO DE SOJA PARA ALIMENTAR OS ANIMAIS DE CORTE. OS PECUARISTAS E LATIFUNDIÁRIOS, CIRURGIÕES PLÁSTICOS ESPECIALISTAS EM DEVASTAR ECOSSISTEMAS INTEIROS, SE EMPENHAM AO MÁXIMO NA INCISÃO DO PAÍS. NEM MESMO À NOITE, AS ANFETAMINAS DO CHIMARRÃO E DO CAFEZINHO DEIXAM AS BOCAS OBCECADAS DOS PLANTONISTAS DA DEVASTAÇÃO. A VASECTOMIA DA FAUNA E DA FLORA BRASILEIRA PARA DELÍRIO E ALEGRIA DOS POLÍTICOS RURALISTAS E DOS GRANDES EMPRESÁRIOS DA INDÚSTRIA FUNERÁRIA DO AGRIBUSINESS. - DO LIVRO O CORAÇÃO HUMANO - UMA LEITURA CLÍNICA POÉTICA

As pessoas "desligadas" podem estar apenas ligadas numa realidade oculta, assim como as aparentemente ingênuas muitas vezes sabem muito mais do que nós, só que de outra maneira. O Pedro é um desses inocentes que vêem as coisas na sua clareza e sabem transmitir a limpidez da sua visão. Ligados no essencial, embora pareçam distantes. Ele usa todos os sentidos para flagrar os tons do mundo e os transforma em fotos, músicas e poesias. Olhos, ouvidos, pele, tudo nele é instrumento de percepção ingênua. "Ingênua", no caso, querendo dizer direta, verdadeira e sábia. - Luis Fernando Verissimo